Loja Alex Fios

ALE_web02
Tipo de projecto: Iluminação de montras – Retrosaria. Local: Rua dos Cavaleiros 23A  Mouraria, Lisboa. Equipa: Joana Forjaz – designer de iluminação tutora da equipa; Estudantes: Ana Mafra, Mariana Wang. 4 projectores: Modelo utilizado: Imagine Small para calha de correr, 3000K 11W LED; 1 calha técnica de 80 cm, 2 reflectores 35º e dois reflectores 25º; 4 filtros de cor: amarelo, magenta, laranja e verde. Patrocinador: PROLICHT.

A  retrosaria Alex Fios fica situada na Rua dos Cavaleiros – 23 e, tal como o nome indica, é  uma  loja que vende fios que podem ser utilizados para diferentes finalidades, entre as quais tricot e crochet. Alex Fios, marca portuguesa criada pelo proprietário Mahomed Yassin Yussuf, disponibiliza fios produzidos a partir de lã de ovelhas portuguesas, e a marca expande o seu negócio  com a revenda e distribuição de outros produtos de retrosaria.

A Loja disponibiliza uma montra com dimensões de 1,30m X 1,30m aproximadamente, espaço que serviu de palco de interação com o público para expor e promover o produto chave – o fio. O mote desta instalação foi expor um conjunto de fios de várias cores e que se transformam em novelos.

O conceito de montagem da montra pretende expor o fio de forma criativa e atraente, por forma a despertar a atenção do público para o produto.  A ideia foi ocupar todo o espaço disponível da montra no sentido vertical, através do cruzamento do fio de várias espessuras, aparentemente aleatória, mas de forma equilibrada.

ALE_web03

Para tal, a montagem da vitrine contou com duas placas de aglomerado pintadas a spray branco, aparafusadas ao tecto e à base da vitrine. Estas placas receberam ganchos posicionados segundo uma malha desenhada. Estes acessórios espalhados em cada placa permitiram fazer o cruzamento do fio de forma harmoniosa, sendo que, em algumas zonas livres, o fio acabaria por se transformar em novelos suspensos.  A composição entre o cruzamento do fio e  a posição e quantidades do novelo foi analisada aquando da montagem da instalação. O objectivo geral era criar uma instalação leve, onde o espaço ficasse todo ocupado mas que, ao mesmo tempo, respirasse para que o produto se revelasse.

A cor base escolhida para esta  encenação foi o branco, exactamente para que a luz cromática direcionável downlight, proveniente do tecto, permitisse “pintar” os fios de vária cores.  Após alguns ensaios, acabámos por definir quatro filtros de cor para o jogo cromático sobre a nossa “tela”: o filtro amarelo, laranja, verde e magenta. Neste caso, a luz cromática desempenhou um papel fundamental de colorir os fios, transformando-se assim numa fusão de cores. O nosso patrocinador foi a Prolicth que amavelmente nos emprestou vários equipamentos e acessórios para teste. Após alguns ensaios com diferentes acessórios e reflectores de manipulação de ângulos de luz, acabámos por utilizar dois reflectores, com ângulos de 35º e 24º. Os projectores salientes ficaram encaixados sobre a calha de correr posicionada no tecto junto à vitrine, orientados de várias formas, exactamente para permitir vários efeitos de luz e sombra dinâmicos. O fundo foi encerrado através de um pano branco para, não só para limitar o espaço, mas, também, para criar profundidade através do jogo de sombras e de luz de cor projectada. Da mesma forma, também foi criada uma faixa frontal em cima para ocultar as fontes de luz com o intuito destacar o cenário de cor e do produto.

ALE_web01

O resultado foi surpreendente.

Em nome da equipa aqui fica também um agradecimento muito especial ao proprietário porque sem o seu apoio e amabilidade não tínhamos conseguido executar esta instalação em tempo record.

Joana Forjaz.