Oh Mouraria, Ilumina a Montra!

OMIAM_botoes15_JULHO

Desta vez, cabe a mim, a responsabilidade e o prazer de fazer a apresentação dos intervenientes no workshop e concurso, bem como das lojas participantes nesta 1ª Acção da LabLD.

Começo por apresentar os designers de iluminação profissionais, associados da LLD, que vão liderar as equipas de estudantes e desenvolver o conceito de design de iluminação para as diversas montras:

  • Augusto Bastos Ramalhão, licenciado em Design de Luz e Som pelo IPP, frequentou, posteriormente o mestrado em Design de Iluminação Arquitectural na KTH Estocolmo, graduando-se dois anos depois com a apresentação de tese sobre a “Fenomenologia da Luz Ambiente”. Após um percurso profissional que passou pelo design de produto, design de luz para palco e para arquitectura, integra actualmente o Departamento de I&D da Castros Iluminações S.A..

  • Joana Forjaz, arquitecta com mestrado em Light and Lighting na Bartlett School, University College London. Actualmente com projecto próprio, o atelier Joana Forjaz Lighting Design, responsável pela execução de inúmeros trabalhos de relevo que exploram essencialmente a iluminação na arquitectura e na paisagem.

  • Joana Mendo, arquitecta com mestrado em Light and Lighting na Bartlett School, University College of London, onde se especializou em Lighting Design. Desde 2013 integra a equipa de Lighting da Arup em Berlim, tendo co-fundado a equipa global de Urbanistas de Iluminação, que desenvolve projetos sobretudo na escala urbana.

  • Paula Longato, designer de iluminação da equipa Arup em Berlim desde 2008. Estudou Arquitetura e Urbanismo em São Paulo, Brasil. Desde que se encontra na Arup tem entregue vários projetos internacionais, incluindo edifícios nos sectores educacional, comercial, transporte, privado e público.

  • Pedro Pinto, designer de iluminação com mestrado em Light and Lighting na Bartlett School, University College London com mais de dez anos de experiência no Reino Unido. De momento, gere o seu próprio estúdio Pinto Lighting Design que desenvolve projectos nas áreas de residencial, restaurantes e lojas.

Passo a apresentar as lojas que participam no desafio, das quais será intervencionada uma montra:

– Loja da D. Mélida Montaña centrou-se, principalmente, nos arranjos de costura e, desde há dois anos também, na venda de sapatinhos para bebé, confecionados pela própria.

– Loja “Tabernices”, tabacaria/papelaria e café. É gerida pelo casal Marisa e Paulo Santos. O nome escolhido evoca o diálogo, próprio dos encontros numa taberna.

– Loja “Augusto”, comercializa molduras, espelhos e vidros. Fundada há mais de 30 anos, o actual gerente é Paulo Augusto. Prestam todos os serviços ligados aos produtos que comercializam.

– Loja “Domingos e Nogueira”, fundada em 1948 como uma loja de solas e cabedais. Rui e João Nine comercializam todo o tipo de peles decorativas, artigos de sapateiro, correeiro e estofador.

– Loja “Alex Fios”, cujo actual proprietário é Mahomed Yassin Yussuf, criou uma marca própria de produtos – Alex Fios, expandindo o negócio para a revenda e distribuição de produtos de retrosaria.

– Loja “Bijucacá”, que Ismail Ibrahim transformou num espaço de venda especializado em bijutaria indiana.

– Loja “Hua Ta Li” é um supermercado que comercializa todo o tipo de produto alimentar de origem chinesa. A proprietária é Susana Zhu. Significado do nome: Hua (Bonita) Ta (Grande) Li (Vantagem).

– Loja “Baratal”, fundada em 1979 pelo pai e o tio do actual proprietário, Pradipkumar Nautamlal, após a sua vinda de Moçambique. O nome da loja manteve-se até hoje, com revenda de todo o tipo de produtos de perfumaria.

– Loja “F.K. Nepal”, especializada em produtos de artesanato oriental. Francisco Carvalhais mantém um espaço de venda multicultural, com artigos provenientes de diversas etnias.

– Loja “Guebarro”, fundada em 1976 por Maria Luísa Guerreiro, como retrosaria, actualmente é gerida por António Barroso, o marido da fundadora. O nome da loja deriva da junção das primeiras partes dos apelidos do casal proprietário.

As conferências que integram o programa desta Acção no Auditório do CIM, conta com os oradores que, gentilmente, aceitaram o nosso desafio. São eles :

Filipa Bolotinha, uma das coordenadoras da associação Renovar a Mouraria, parceira da Acção, sendo responsável pela área de Desenvolvimento Local e Empreendedorismo Social. Fará uma exposição sobre o tema: Mouraria e o seu comércio;

Ana Viçoso, Designer de Interiores, formadora da disciplina de Técnicas de Vitrinismo. Irá abordar a temática do Vitrinismo. Aceitou, também, a missão de pertencer ao júri do concurso no final do evento.

E, ainda, o nosso convidado internacional:

Michael Grubb, Director Criativo no seu próprio estúdio, tendo já sido Lighting Designer do ano no Reino Unido. Vamos vê-lo no o papel de orador – sobre o tema da Iluminação para Montras, de mentor das dez equipas e jurado do concurso no final do evento.

Tem sido um desafio muito enriquecedor participar na coordenação desta que é a 1ª Acção da LabLD. Para tal, contamos com a ajuda de dedicados patrocinadores, a quem deixamos um agradecimento muito especial.

nl10-1b-web

Contamos, também, com apoiantes e parceiros a quem agradecemos toda a colaboração, logística e apoio prestado.

nl10-1a-web

Coordenação da Acção LLD: Sara Roby e Paula Pinote.
Paula Pinote (Membro Fundadora da LLD)

 

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.